Celulose para a Indústria Têxtil



Após um período de construção que durou dois anos, a LD Celulose anunciou o início das operações dos equipamentos de produção de celulose solúvel. Apesar dos contratempos causados pela pandemia de Covid-19, a construção foi concluída dentro do planejado, graças à expertise das acionistas: Lenzing e Dexco e engajamento dos trabalhadores e empresas contratadas para a execução do projeto.


A fábrica tem capacidade para produzir 500 mil toneladas por ano de celulose solúvel, matéria-prima sustentável, de elevada pureza que será destinada à indústria têxtil. A planta da LD Celulose produzirá energia limpa a partir de cascas e resíduos de madeira de eucalipto, reforçando o compromisso com a sustentabilidade desde os primeiros passos da produção.


A LD Celulose é uma joint venture entre a brasileira Dexco e a austríaca Lenzing. Localizado nos municípios de Indianápolis e Araguari, no Triângulo Mineiro, o projeto custou US$ 1,38 bilhão, incluindo a infraestrutura e os tributos incidentes.

134 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo