Gripmaster Apresentará Sistema de Gerenciamento de Frota e Soluções para Pneus Florestais

Reconhecida no mercado OTR (Off the Road) como uma marca com vasto portfólio de pneus para máquinas e equipamentos pesados, a Gripmaster, empresa com sede em São Paulo/SP, também atua como provedora de soluções sustentáveis para operações fora de estrada. Além do segmento florestal, a marca atende mais cinco segmentos do mercado B2B: agronegócio, portuário, mineração, construção e industrial.


A Gripmaster marcará presença no Show Florestal com um lançamento inédito no Brasil para gerenciamento em tempo real de 100% da frota. O GMS é uma solução revolucionária para gestão total de máquinas pesadas, que utiliza alta tecnologia, reconhecida e premiada mundialmente, desenvolvida pela Machinemax, empresa parceira do grupo Royal Dutch Shell.


Por meio da instalação de avançados sensores guiados por telemetria, o GMS, que dispõe de quatro modelos de dispositivos, permite monitoramento em tempo real das máquinas nos quesitos: horas operacionais, rotas e localização. Entre os diversos benefícios da novidade está o aumento da produtividade, já que é possível identificar gargalos, reduzir tempos de ciclo e otimizar turnos de trabalhos.


Além do GMS, outra solução que tem tecnologia americana e é desenvolvida no Brasil pela Gripmaster para setor florestal, é o 3S, que oferece o que há de melhor para preenchimento de pneus OTR. “O 3S proporciona maior produtividade das máquinas e menos gastos, pois mesmo com furos e perfurações o pneu não para de rodar, o que é sinônimo de maior durabilidade e menos manutenção. As máquinas permanecem rodando sem paradas, seja qual for o terreno, mesmo os mais extremos, onde está a operação do cliente”, diz Nicolle Vidal, gerente de marketing da Gripmaster.


O projeto pioneiro para o setor florestal faz a substituição do ar do pneu pela aplicação de elastômero em equipamentos utilizados na colheita do eucalipto. A empresa prevê resultados que indicam aumento de 400% na vida útil dos itens.




52 visualizações0 comentário